255472_276746999111791_999878382_n

 

 

 

 

 

Ser Ana é nascer,

Ser uma criança feliz,

Mas também sofrer bulling,

É perder a mãe aos 14 anos,

E ficar também sem o pai,

Mas ter a sorte de ter um irmão,

Que daria a vida por ela.

 

Ser Ana,

É na adolescência se esconder,

Por ter a certeza que é a mais feia,

E se sentir a mais boba,

É ter de enfrentar o mundo como adulta,

Com o coração de uma criança.

 

É desde cedo aprender o que é o amor,

E nunca ser correspondida,

É aprender de uma forma difícil,

A enfrentar os próprios preconceitos e

Aceitar que seu irmão e primo,

Seus maiores amores são homossexuais.

 

É ter de lutar com o mundo,

De peito aberto, para ser bem recebida,

E em um mundo de preconceitos…

Preconceitos com escolhas que não são nossas,

Enfermidades… falta de uma familia.

 

Ser Ana,

É não ter coragem de levantar…

E ter de sair de casa para trabalhar e estudar,

É ter de coração partido…

Mesmo assim acolher um amigo.

É ver o grande amor da sua vida,

Se casando com outra,

É perder a fé que fez sua vida fluir,

É escolher uma pessoa fantástica,

Amar e querer com ela reconstruir a vida,

E ter o não como resposta!

 

Ser a Ana,

É não achar graça na vida,

Mas aceitar ficar na API*

Lutando por ela!

 

*Hospital psiquiátrico.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *