Vamos ser sacanas

Olá amigos,

 

Ultimamente todos os dias ao ouvirmos alguma rádio de notícias ou assistir a algum telejornal ouvimos e/ou vemos sobre a mais nova CPI instalada no Congresso Nacional.

Mas sinceramente, como muitos brasileiros também duvido que essa CPI condene realmente alguém e faça a justiça que deveria ser feita.

Como comentou outro dia Ricardo Boechat na Band News FM, quantas CPIs já tivemos nesse país e quantos realmente foram condenados, presos e estão pagando por seus crimes?

Há mais de doze anos minha mãe e eu brincávamos que íamos instaurar uma CPI em minha casa, e vocês podem pensar, pra que uma CPI em uma casa? Para que acabasse tudo em pizza como sempre acabou todas as CPIs nesse país.

Mas também se não tiver CPI no Congresso o que eles vão fazer, não é mesmo?

A violência está aumentando cada vez mais, e ninguém faz nada. A educação já está abandonada há décadas, nem lembro mais desde quando que ouço falarem em reforma tributária, reforma do código penal, etc. e nada é feito.

Conversando outro dia com o Hellersp estávamos comentando o quanto estamos cansados de ouvirmos as mesmas noticias todos os dias. E pergunto se vocês também não estão.

Todos os dias ouvimos falar de corrupção, de erros médicos, de abusos do poder por parte dos policiais e agentes da CET, trens da CPTM e do Metrô com problemas, semáforos com defeito, novos recordes de trânsito, etc., etc., etc.

Ainda sou obrigado a ouvir de certas pessoas sem noção que a culpa é do povo que não sabe escolher seus vereadores, prefeitos, deputados, governadores, senadores e presidentes. Mas pergunto sinceramente e espero que alguém tenha a resposta, existe algum político decente nesse país? Terá alguém que a gente possa eleger e que faça a diferença?

Porque a culpa era da ditadura, ninguém prestava, precisava de democracia, veio a democracia e a culpa era do Sarney, do Collor, do Fernando Henrique… os petistas juravam que se o Lula fosse presidente tudo seria diferente. Jura? Já se passaram oito anos de governo Lula e mais um de governo Dilma, ambos do PT e eu pergunto o que mudou?

Nunca ouvimos falar tanto sobre corrupção, nunca vimos tantos ministros caindo, tanta roubalheira, mas há aqueles que dizem que a Dilma está fazendo uma limpeza, não sei não, tenho minhas dúvidas.

Limpeza ela estaria fazendo se ela demitisse um ministro e viesse em rede nacional de rádio e TV e dissesse: povo brasileiro demiti o ministro fulano de tal porque há suspeita de corrupção e ele ficará afastado até o final das investigações.

Mas não é isso que acontece. É sempre a imprensa que denuncia, vem a defesa ao tal ministro e só depois que chove denuncias de todos os cantos é que se faz a demissão. Mas com a demissão acaba também o problema porque a imprensa da-se por satisfeita e ninguém comenta mais sobre o assunto, ninguém é punido e mais uma pizza meio mussarela e meio calabresa sai quentinha do grande forno de Brasília.

Sugiro até uma enquete, que tal mudarmos o nome da cidade de Brasília para um nome de alguma pizzaria famosa? Quais vocês sugerem?

Mas falei muito a nível nacional, vamos falar um pouco dos estados, dos municípios. O que você aí tem para falar do seu estado, da sua cidade?

Eu tenho para falar que aqui na capital de São Paulo uma rádio de notícias tem que passar meses, mas muitos meses denunciando o excesso de violência em uma avenida como Av. Almirante Delamare na divisa com São Caetano para que alguma coisa seja feita, mas as denuncias ainda não foram suficientes para que a violência no famoso ladeirão do Morumbi e em todo o bairro do Morumbi diminuísse.

Quase todos os dias ainda ouvimos que há invasões em casas, arrastões em bares, restaurantes e padarias.

O abuso por parte das autoridades é outra coisa que causa indignação e nos obriga a ficar quietos. Outro dia estava eu na Rua do Estilo Barroco – Ch. Sto. Antonio região de Santo Amaro, zona sul da capital paulista, vi uma viatura que estava a minha frente fazer um retorno no meio de um cruzamento, parar em cima da faixa de pedestre e para que? Para tomarem café em um bar que fica na esquina.

Outra cena que presenciei outro dia foi uma viatura andando em baixa velocidade ocupando duas faixas de uma avenida e quando passei por eles o policial que estava dirigindo estava falando ao celular.

Quem já não viu um policial cometendo infrações de transito sem necessidade alguma, só por se sentirem acima da lei? Agentes da CET sem cinto de segurança? Passando em semáforos vermelho?

O sentimento de indignação é incontrolável nesses momentos, mas se um motorista comentar com eles sobre suas infrações podem ser presos por desacato a autoridade ou em caso de agentes da CET podem receber multas de infrações não cometidas como já ouvi várias histórias de ouvintes da Radio Band News FM.

E a educação? Como anda a educação na sua região?

Aqui em São Paulo está péssima. Fui responsável pelo departamento de RH de um hotel. Por diversas vezes entrevistei pessoas que concluíram o ensino médio, mas escrevem pouco mais que o próprio nome. São analfabetos com diplomas na mão.

Mas o importante é o governo apresentar a UNESCO o número de pessoas que concluíram o ensino médio. Eu sinceramente gostaria que a UNESCO viesse aplicar uma prova aos alunos que estão concluindo o ensino médio ou que já concluíram, mas as equipes teriam que ser estrangeiras, porque o povo brasileiro é muito corruptível para se confiar em equipes de brasileiros aplicando essas provas.

Nunca estive fora do país, mas sei que há muitos países pior que o nosso, mas para nos preocuparmos com eles, primeiro precisamos fazer a nossa lição de casa.

Como está o transporte público na sua cidade?

Quando se fala em São Paulo uma das primeiras coisas que vem a cabeça são os enormes congestionamentos, o trânsito caótico da grande metrópole. Mas digo a vocês que as pessoas que conseguem um automóvel, não tem motivação alguma para deixá-lo em casa e utilizar o transporte público. Todos os dias e isso não é exagero, há problemas com transporte público nessa cidade.

Um dia são greves, todos os dias são problemas nas linhas da CPTM e do Metrô, os ônibus são lotados e desconfortáveis. Vocês acreditam que há ônibus em São Paulo que tem mais quantidades de degraus dentro dele do que acentos? Mas a prefeitura ainda diz que são ônibus que estão de acordo com as regras de inclusão social.

Ficar horas parado no trânsito dentro de um carro é muito cansativo, não há a menor dúvida. Mas ficar esperando pelo transporte público, utilizá-los nas condições precárias que são em horários de maior movimento e ainda correr o risco de ficar na rua é muito pior.

Essa semana, por exemplo, os trens da linha 9 da CPTM tiveram problemas e eles pararam de circular as 23h00. Olha que legal, é o horário que muitas pessoas estão saindo das faculdades, do trabalho e precisam desse transporte para chegar em casa.

Por causa disso teve pessoas que não teve como chegar em casa, porque na maior cidade do país os ônibus param de circular em sua maioria por volta da meia noite. Assim as pessoas tiveram que deixar os trens, ir para rua para buscar outra alternativa para ir até onde o trem os deixaria e quando chegaram principalmente no Term. Grajaú, onde também é a estação final da linha 9 já não havia mais ônibus para eles chegarem em casa.

Quem tem um carro, por simples que seja, deixaria o carro em casa no outro dia para ir trabalhar novamente de trem? Não porque o problema demorou mais de 24 horas para ser solucionado.

Mas as eleições municipais estão chegando e nós teremos que ficar ouvindo as infinitas promessas que tudo será maravilhoso a partir de 01 de janeiro de 2013, mas nós já vimos esse filme antes e sabemos qual é o final. Na imprensa todos os dias saem novos números do que o Sr. Gilberto Kassab prometeu e não cumpriu durante seus mandatos.

Infelizmente eu não sou um cientista político e não tenho uma solução para apresentar a vocês depois de tudo o que comentei, mas vi no Youtube a cantora Ana Carolina recitar um texto da atriz Elisa Lucinda.

E é com esse texto que finalizo convidando vocês a serem honestos, a lutarem por sua cidade, pelo seu estado e pelo nosso país.

Como? Seja mais gentil no trânsito, estamos todos na mesma situação. Seja mais educado no transporte público. Procure você a se qualificar melhor, lendo e adquirindo informação, o que você aprende ninguém te toma e faz bem primeiro para você mesmo.

Quando possível denuncie, bote a boca no trombone e use nosso espaço para isso, escreva seus comentários, suas denuncias, suas ideias. Esse espaço também é seu.

 

Só de Sacanagem
Elisa Lucinda

Meu coração está aos pulos!
Quantas vezes minha esperança será posta à prova?
Por quantas provas terá ela que passar?
Tudo isso que está aí no ar, malas, cuecas que voam
entupidas de dinheiro, do meu dinheiro, que reservo
duramente para educar os meninos mais pobres que eu,
para cuidar gratuitamente da saúde deles e dos seus
pais, esse dinheiro viaja na bagagem da impunidade e
eu não posso mais.
Quantas vezes, meu amigo, meu rapaz, minha confiança
vai ser posta à prova? Quantas vezes minha esperança
vai esperar no cais?
É certo que tempos difíceis existem para aperfeiçoar o
aprendiz, mas não é certo que a mentira dos maus
brasileiros venha quebrar no nosso nariz.
Meu coração está no escuro, a luz é simples, regada ao
conselho simples de meu pai, minha mãe, minha avó e
dos justos que os precederam: “Não roubarás”, “Devolva
o lápis do coleguinha”,
” Esse apontador não é seu, minha filhinha”.
Ao invés disso, tanta coisa nojenta e torpe tenho tido
que escutar.
Até habeas corpus preventivo, coisa da qual nunca
tinha visto falar e sobre a qual minha pobre lógica
ainda insiste: esse é o tipo de benefício que só ao
culpado interessará.
Pois bem, se mexeram comigo, com a velha e fiel fé do
meu povo sofrido, então agora eu vou sacanear:
mais honesta ainda vou ficar.
Só de sacanagem!
Dirão: “Deixa de ser boba, desde Cabral que aqui todo
o mundo rouba” e eu vou dizer: Não importa, será esse
o meu carnaval, vou confiar mais e outra vez. Eu, meu
irmão, meu filho e meus amigos, vamos pagar limpo a
quem a gente deve e receber limpo do nosso freguês.
Com o tempo a gente consegue ser livre, ético e o
escambau.
Dirão: “É inútil, todo o mundo aqui é corrupto, desde
o primeiro homem que veio de Portugal”.
Eu direi: Não admito, minha esperança é imortal.
Eu repito, ouviram? IMORTAL!
Sei que não dá para mudar o começo mas, se a gente
quiser, vai dá para mudar o final!

 

Abraços, Sam.

Deixe uma resposta